Tudo

20 comentários:

cameliadepedra.blogspot.com disse...

Oi Clarice,
Hoje é sexta feira e ca estou eu em casa, na minha nova vida. Depois de uma supervisao na facul que foi muiiiiito bacana. Vendo um comentario seu no meu blog, lembrei de uma epoc aque te escrevi longos e-mails falando sobre a minha vida. Nao sei exatamente por que elegi voce. Qual das suas encantadoras qualidades me fizeram me lançar no desconhecido e pedir a opiniao sobre a minha vida a alguem que estava tao distante dela. Foi otimo mesmo. Te agradeço a atenção e por nao ter me achado a maior loucaça ( vai ver achou e nao me contou. Brincadeira!) Mas eu estava precisando muito desabafar e te escolhi. Enfim, quero dizer que gosto muito de voce. Gratis, e por todas as coisas, todos os signos que estao em volta das palavras, das imagens do seu blog. Que no final das contas subsituem as vezes muito bem, as expressões, o tom de voz, a postura, a pessoa.
Beijos,
Cam

Dora disse...

Querida Clarice.E falamos "tudo", com a maior leviandade...rs Sempre estamos no menos, diante do tudo.Ainda bem.
Tudo é indefinível como o nada.
Tá gostando da filosofia? rs
Tudo de bom para você, eu desejo! (Mesmo que desconte um pouco...por conta do poder do TUDO).
Beijão,linda!
Dora

Valéria disse...

tudo devia ser nós...
e talvez seja...
indefinivelmente, assim como somos.
gosto muito quando vc broga.
beijo
vardelina

Patty disse...

Verdade.

Saudade de você.

Beijos

marcia cardeal disse...

Obrigada pelas visitas e semeadas!!! Lindo aqui ainda e sempre! bj

Márcia(clarinha) disse...

Tudo é também a ilusão que nos torna poderosos e tudo é o que apostamos nessa vida, tudo é, e ponto.

Ahhh! Tudo é o tanto de carinho que carrego procê bem dentro de mim, e tudo de graça, viu que tudo? ;)

lindo dia manamada
beijos de loviú

Crys disse...

Saudades de vc Cla, passei por uma turbulência, mas as coisas estão serenando aos poucos. Obrigada pelo carinho. Te beijo, amiga linda!

Aninha Pontes disse...

E quando podemos agir e deixar tudo girando em torno do simples, mesmo que ultrapasse todos os limites, serão sempre aceitáveis.
Puxa amiga, por onde andou?
Saudades.
Beijos

Márcia(clarinha) disse...

Tudo que posso dizer: Loviú!!

beijos manamada

cameliadepedra.blogspot.com disse...

Oi Clarice,
Adorei o que voce escreveu no meu blog outro dia. Voc� � messssmo muito especial.
Beijos e bom final de semana,
Cam

Menina Rosa Store disse...

Olá!!!
Vim ao seu jardim colher algumas flores...que lindo!!
Amei!
Bjinhu!

Dora disse...

Clarice...Você aparece. Surge o sol para nós...De repente, o sol se esconde...
Cadê você, que eu quero ver!!!??
Beijos.
Como estão vocês todos?
Dora

Beatriz disse...

Por vezes tudo fica tão vazio... até de nós mesmos! E tudo se torna pior quando nos ausentamos por absoluta falta de espaço nesse mundo que a tudo abriga. A vida então passa a ter um sabor de coisas simples, doces, prazerosas, enfim, de tudo aquilo que por vezes nos é negado sem que uma definição concreta possa nos esclarecer nas dúvidas, medos e insegurança. E sem definição, tudo se torna mais difícil, mesmo que saibamos que o indefinível é que comanda tudo.

Fica um beijo envolto numa rosa branca falando de carinho e amizade, de paz e de amor.

Rô disse...

que saudade, menina... vc não calcula quanta!!!

Lelafrô disse...

Tudo não sabe o tudo que tudo é.

Abraço cheinho de carinho!

Quem sou eu? disse...

tudo é o que não sabemos.

rs.

beijos!!!

[por que será que sempre que penso em você abro um sorriso? rs.]

beijos!!!

Nilson Young disse...

Gosto muito destes teus painés.. Com poemas e frases.Acho super criativo.
Será que vc poderia fazer alguns com frases do Mário, pra mim colocar aqui no Rua??.
Acho que ia ficar tudo de bom.. afinal, poesia não é só palavras...

Um beijo
Nilson Young
A Rua dos cataventos.

Beatriz disse...

Sem nova postagem, fica um ramalhete de lindas flores que colhi nas asas da Primavera que pousou no meu jardim, colorindo e perfumando tudo à volta.

Márcia(clarinha) disse...

Só passando, só passando.....
E deixando beijos, muitos de loviú

Beatriz disse...

Sentindo falta de novas flores no teu jardim, amiga! A primavera já chegou por aqui e é doce encantar o olhar com a beleza dos jardins e enternecer o coração vendo as crianças brincarem, correrem, rirem, voar com os pássaros e os anjos, pelos parques esverdeados de nossa cidade.

Fica um ramalhete de violetas azuis atado no sorriso das fadas, e um beijo do meu para o teu coração, com saudade.