Busca

26 comentários:

Outras memórias disse...

Nossa!!! Caiu como "luva"!!!Amei! Valeu demais!!!!!!!!!!
Coloquei no meu blog algo que de uma certa forma completa esse texto-imagem!!

"isso de querer
ser exatamente aquilo
que a gente é
ainda vai
nos levar além"
[Incenso fosse música - Paulo Leminski]
Obrigadaaaaaaaaaaaa e beijossssssssssss

cilene disse...

Eu tambem amiga...as vezes estou perdida, as vezes me acho e as vezes continuo minha jornada

Var disse...

e não se largue... perseguir-se é uma condição de encontrar-se e poder, então, libertar-se....
eu gosto destes mergulhos que alguns de nós fazem em si mesmos...
beijo craqueseencontratambémnosdesencontros...
varquetentadesencontrar-se

Lela disse...

"Estou irresponsável de meu rumo" (MB). E eu aqui de sorriso no rosto por causa do encontro de nossos posts. ;)
Beijo grande de frôdebeijaflor encolhendo as asas de frio!

sayô disse...

...eu não desisto de mim.
=)
beijo

Outras memórias disse...

Verdade o q1ue vc disse!!!MAs o segredo é a dose!!!!Dose demais...paralisa...dose de menos...suicida!!!!!!!!!!!rsrsrs

Sanka disse...

queridona, eu sempre tive a impressão, desde criança, que eu me procurava. Agora tenho certeza que me persigo. Ou mais, ou melhor, que hoje tenho a responsabilidade de ME perseguir. Isso no sentido de saber-me, conhecer-me.
sou eu isso aí...

sim, e quanto ao meu post, é dor que certamnte já vivi em outros tempos, mas que hoje é mera lembrança que aflora em coisas que ouço.
=]

beijos!!!!

O Meu Jeito de Ser disse...

Eu sempre me persigo antes de me perder.
Sempre me acho, estou em constante busca.
Tudo bem amiga?
E a linda Jasmim, como vai?
Beijos prás duas.

Dora disse...

"Eu me persigo"...é muito bom! O difícil é quando se prossegue, sem examinar o caminho...(apesar de que eu faço mais ou menos assim...rs).
Sempre uma palavra "esperta" vc nos deixa aqui, né, não?
Beijosssssssss
Dora

tito disse...

"e eu me persigo"que sacada otima!!quantas interpretações para estas palavras!!!vou pensar na mimha,
beijo

Crys disse...

Tá todo mundo falando em caminhos, rumos, perdição, achados... to me sentindo a própria... to meio perdida, mas sempre me "achando" nas palavras que leio das amigas como vc, Lela, Dora... afe, vcs são demais! Beijão amiga, Volteiiiiiiiiii

Claudinha disse...

Ah amiga ,assim se encontra e se busca em cada sonho. Eu adoro seu poema imagem! Beijos!

Lela para Crys disse...

Licença, tá, Cla? Crys, tu anda "meio" perdida? Sei... Rum hum hum... :P

Shi disse...

Eu nem ando meio perdida, eu já sou uma perdida desde que nasci. Será que alguem um dia vai me encontrar pra mim???? rs :-P Bjão, cla!

clarice ge disse...

lelinhafrô, sinta-se em casa... quer um cafézinho?
mas viu só, a crysântemo não tá perdida inteira, só meio... com nossa ajudinha ela já ta se 'achando'... bom né? rss
e tu, shicabum, vamos ver se consultamos um bom detetive pra te encontrar (dá uma pista... rss).
beijo procês

diovvani mendonça disse...

Só Você Clarice, duma beleza, dum encanto DE ENDOIDECER. M-A-R-A-V-I-L-H-A-D-O!!! AbraçoDasMontanhas

Crys disse...

Perdida só pra disfarçar... não sei mais o que fazer Cla, essas duas vivem no meu pé, até férias eu tirei, mas elas ligavam todo santo dia pra azucrinar minha vida, vai vendo, é chato ser gostosa...........kkkkkkkkkkkkkk. Beijão Cla

cla disse...

oh crys, ser gostosa não é mole não. té eu to me apaixonando.hihihi, shi vai ter um colapso, tito vai ter outro, lela vai tirar a foto e dorita vai fazer o poema como só ela sabe.
beijão crys

Bia disse...

Esse perder-se e reencontrar-se, e ainda empreender uma perseguição para dentro de si mesmo faz parte desse caminho que se chama viver... atalhos para uma mesma estrada: o auto-conhecimento.

Se esta rua se esta rua fosse minha, eu mandava eu mandava
ladrilhar, com pedrinhas com pedrinhas de brilhante, só pra ver o meu grande amor passar...

Tão terna a música de fundo... fez-me retornar à infância. Lindos, postagem e o som musical.

Pra ti um beijo no coração e uma pétala de rosa azul.

Lela disse...

Uêba! Eu quero fotografar esta paixão! Cla, fique atenta, a Shica quando sobe nas tamancas... afe! Irmãzinha, não sobra pedra sobre pedra!!! :)
Beijos!

Shicabong disse...

Nããããão, nada disso, quem vai fazer o poema pra esse amor tão, tão... grupal (?), sou eu, que sou PHDemPN, especialização em poemetas e posiemas, oxe! Além do mais, a Crys só eu entendo as profundezas obscuras dela, só eu conseguirei penetrar (ui!!!!) na dulcidão (queisso???) que nela habita. Enfim. Quanto a me achar, Cla, manazinha, melhor deixar quieto, pq quem me achar vai acabar ficando tão ou mais doido do que eu, visse? rs :-| Bjão, queridona, bom finde!

Patty disse...

É verdade!!!
Estamos sempre nos perseguindo. Às vezes queria me perder, mas não tem jeito, acho um pedaço aqui ou ali sempre...

Um beijo querida e um ótimo final de semana

cilene disse...

beijos e bom fim de semana

ALF disse...

E tudo gira em torno de nós mesmos. Tudo em busca do nosso melhor.

Belissimo.
=D
beijos

Antônio Alves disse...

Na maioria das vezes fugimos de nós, somos muito chatos. Abraços!


Antônio Alves
No Passeio Público
Postagens às quartas e domingos

Além do tempo... disse...

Clarice que imagem !!! Parece que você lê o coração da gente às vezes! Me sinto assim, meio me observando no que sou eu. Um pouco achada, um pouco perdida, mas indo em frente!Obrigada pela imagem e a poesia! Bjos Tânia