Limites

31 comentários:

Luciane disse...

Clarice, muito obrigada pelo comentário. A Cleo está grande mesmo. E bonita, Clarice. Mãe coruja é isso. ;)
Deslimita foi tua invenção, não? Poetas podem. Dia desses Marcia(clarinha) escreveu completude. Achei super bonito também.
Acho até que "deslimita" e "completude" são palavras meio que irmãs, não são?
Beijo pra ti e ótimo domingo.

Lela disse...

Eu sinto. Eu me deslimito. Eu vivo. Vixi, que já gosto quando vc me empresta palavras sem censuras! Afe! :)
Beijos de frôdebeijaflor assistindo pôr do sol pela janela do apê enquanto os pássaros cantam lá fora! Já reparou quando os raios do sol incidem sobre as asas de um pássaro em pleno vôo? Elas tomam outra cor... cor de asas em vôo... É lindo! ;)

Bia disse...

Realmente, amiga, só o SENTIR deslimita nossas ações, justamente pelo poder que os sentimentos nos conferem.

Já te falei que adoro teu fundo musical? Dá-me uma serenidade tão grande e traz-me à mente momentos da infância onde as cantigas de roda faziam parte daquele momento mágico entre o entardecer e o anoitecer. Grata por isso!

Deixo-te pétalas lindas, exalando um perfume de flores do campo. Deixo também um beijo no teu coração, e o desejo de dias lindos a enfeitar tua semana.

cilene disse...

Como sempre fico besta com sua capacidade de se expressar..de expressar verdades em poucas linhas..e tudo feito com beleza, harmonia e sensibilidade

Márcia(clarinha) disse...

Sintamos pois com força, muita força, muita força para que os sentires se façam ilimitados e reais...
loviú manamada, muito!
carinho meu procês
beijos

var disse...

e eu que geralmente considero isso o maior bem que um humano pode ter... por vezes queria só pensar sem sentir...
mas sou como sou...
tá tão lindo isso cra.... que costou aqui ó.
beijo

Dora disse...

Sentir vem antes de pensar...mesmo! Pena que não se consegue "transmitir" com plenitude o sentir...justamente por causa dos limites...(O que eu sinto, lendo você, por exemplo: como expressá-lo? ). Talvez com gestos, então: olhe meus braços em torno de você! Um abraço apertado, Clarice!
Dora

Leandro Jardim disse...

E você deslimita imitando os céus!

beiJardins tão saudosins

Lablank disse...

Oi, tudo bem? Não te conheço pessoalmente, mas tua 'alma' me encantou... Parabéns pelo blog: é lindo e cativa... dá vontade de voltar... ;)
Um abraço, Larissa

Pedro Pan disse...

, e há como sentir o deslimite?
, beijos meus.

tito disse...

uma frase "for ever"
s�o as famosas da Clarice G
lindo
beijo

Márcia(clarinha) disse...

delimitando tempo-espaço venho deixar beijos, amo muito vocês, viu? carinho assim óoooooo!

O Meu Jeito de Ser disse...

Puxa, que bonito isso. Nunca tinha pensado nisso: O sentir deslimita.
Eu como não gosto de me sentir limitada, então tenho que sentir muito e muito.
E o que sinto aqui é alegria, quando vejo seus sentimentos e sua alma assim disponivel para que possamos sent-la.
Adoro você e sua poesia.
Um beijo vovó querida.

PS: Quando puder dê uma olhadinha no mini conto que o Érickinho escreveu porque viu o vovô escrevendo. Está postado lá no blog do bem.

Sanka disse...

deslimitada é a beleza que vem de você. Deslimitado o carinho que sinto por esse carinho que você é.

beijoconas!!!

Camila Lemos Barata disse...

É,Clarice...Acredito nisso também.

Deslimetemos.:)

Um abraço.

Elizabeth disse...

Oi Clarice,
Parabens pela nova netinha. Que vwergonha a tempos que não aparecia.
Sobre a leitura é o tipo que mais gosto, acho que já encontrei meu Deus, mas continuo sempre querendo saber mais sobre ele. Quase todos os meus livros são deste tipo enquanto o marido só lê sobre a segunda guerra mundial. Vou colocar uma foto das nossas estantes qualquer dia no blog.
Não sei se contei que o bebe que seria minha netinha, infelizmente descobriram que os rins estavam pegados em outros orgãos. Ela nasceria mas viveria somente por algumas horas, dai tiveram de abortar aos 5 meses. Ainda não foi desta vez. Mas com 4 filhos um dia serei avó ou melhor pela demora tataravó, Hehehehe...
Abracos e carinhos

Elizabeth disse...

Esqueci de dizer que as minhas velhinhas acham que eu deveria estudar teologia pois daria uma ótima "präst" ou seria padreca?
Adoro consolar, conversar fiado e beber café...

Claudinha disse...

Querida amiga, ando em deslimites . Preciso cuidar mais de mim... Beijos! Lindo poemimagem!

Outras memórias disse...

Coisa boa vc passando por lá! Coisa boa vc tecendo palavras!
Coisa boa gostar de girassóis!
Coisa boa vc gostar daquela poesia! Beijos

cilene disse...

passando para deixar um abraco..nao esqueco de vc.

Patty disse...

Nós é que nos cercamos tanto por medo às vezes, medo de nós e dos outros.
Lindo esse post!!!
Nunca te perguntei, mas é vc queridona que faz essas modificações na imagem?
Ahhh, se vc é irmã da Clarinha, acho q vc pode ser minha titia. Eu ia adorar!!!
Beijos querida e bom final de semana!!!

Lela disse...

Hoje é dia de frôdebeijaflor voar por aí... Vou ali. Um beijo grande, Cla!

Camille disse...

Voce é irma da Clarinha?!!! Que bacana, eu nao sabia( li agora no comment).
Seu blog esta cada vez mais bonito e tb quero saber se voce faz sozinha estas modificaçoes na iamgem, por que tb ficam muit poeticas. Adorei aquela foto com o plastico e seu poema dentro.
Beijos e boa semana,
Camille

Edson Marques disse...

Clarice,



Passeando aqui, pelas alamedas poéticas do teu Jardim.


Abraços, flores, estrelas..



.

Márcia(clarinha) disse...

Embalada nessa canção deixo carinho esperando boas novas...
loviú manamada
beijos

Márcia(clarinha) disse...

Voltei correndinho pq te li por lá, uebaa!!
Gosto de mel na boca e no coração amor pra esbaldar.
Maravilhosas flores desse jardim,estou encantada.
beijosssssssss de loviús

Lela disse...

Cla, semana cheinha de luz pr'ocês aí!

Daniel disse...

Só o sentir deslimita... É bem isso. Esse verso é um belo exemplo do que uma poesia consegue, com poucas palavras. Dizer tudo.
Esse sentir que deslimita, é o que ultrapassa o óbvio... É a finalidade do melhor modo de se sentir alguma coisa. Que é vivendo...
Abraço e uma boa semana...
Daniel
http://winterdaniel.blogspot.com/

O Meu Jeito de Ser disse...

Passando prá trazer meu beijo para essa vovó linda e querida.
Beijos prás crianças.

Re_Ventani@ disse...

Muito linda a idéia da Arvore de poemas, pena que eu não sei poetar, até já tentei, mas tenho muita dificuldade com as palavras, principalmente escritas.

Saudade danada de ti minha doce amiga.

Beijocas

diovvani mendonça disse...

Mas em toda fronteira, acho que há uma fonte, que de tão à nossa vista, muitas vezes, não enchergamos. ~^~Abraço~^~