Marionetes

22 comentários:

Daniel disse...

É uma verdade simples e definitiva. Tanto está tudo sempre por um fio, quanto há "vazios" que não resistem a uma olhada mais de perto...
Beijo e boa noite!
Daniel
http://winterdaniel.blogspot.com/

Lela disse...

Me agradam os fios que aproximam. ;)
Ei, frôdencanto, vc faz uma falta do tamanho de um fio que a gente num vê o fim.
Fecha o oio, ói aí meu abraço forte assim, ó!

Daniel disse...

E mais...
Essa coisa tua de esparramar as palavras no meio de imagens é uma das coisas mais interessantes e criativas que vi nos últimos tempos.
Cada vez mais procuro o teu blog.
Daniel
http://winterdaniel.blogspot.com/

Sraake disse...

Vó...faltou palavras! Lindo!

cilene disse...

Fios que quebram e nunca mais se juntas.. e se juntam nunca mais serao os mesmos. Boa semana,minha amiga.

Var disse...

nossa!!!!!!
fios que nos ligam...de longe... e que acarinham...
beijo cradebonsfios

Márcia(clarinha) disse...

Tênue vida sempre por um fio sustentada...
Somos fortes e nesse cabo de guerra sairemos vencedores, não há fio que se parta diante do amor, não há.
carinho meu procê manamada, loviú
beijos

Crys disse...

Oi amiga, fiquei alguns minutos lendo teus fios e... nem sei o que comentar, acho que fiquei tomada pela canção... bateu saudade de alguma coisa, talvez algum fio que tenha se quebrado... quem saberá??? Saudades de ti minha linda... Beijos

Jeanne disse...

É verdade, a vida é uma maravilhosa rede de fios, tudo se entrelaça maravilhosamente!
Música linda, linda, linda!
Beijos

Daniel disse...

Olá Clarice...
Concordo contigo. O blog da Valéria "é arte em imagem e poesia da melhor qualidade". Visito regularmente o teu e o dela... As palavras ganham maior expressividade quando bem combinadas com imagens. É uma espécie de poesia que diz muito mais, com menos palavras.
Abraço
Daniel
http://winterdaniel.blogspot.com/

tito disse...

ola,e verdade tudo na vida e por 1 fio
maravilhosa a imagem
não estão brigando?
beijo

diovvani mendonça disse...

Sim, tênue é, o invisível fio - que nos mantém, fetos; dentro de Gaia. São muitos os mistérios... O que, nos aguarda? O que acontecerá, quando Deus, fizer nosso parto e surpresos nascermos, filhos; n´noutros ninhos além dos aconchegantes, galhos-braços, de nossa mãe, Gaia. Ir, agora? Eu não quero e acho, que ninguém, mas temer, eu "acho" que não, temo - simplesmente espero...

~^^Abraço~^^ ~~ ~^^^~

tito disse...

me desculpe,não vi que estava de cabeça para abaixo!!
tudo por um fio,mais calma que o fio e grosso e muito forte
beijo

Preta disse...

Agora você me fez pensar nos meus queridos (quase todos) velhinhos, pude ver a vida deles ligadas a morte por um fio, mas este como os da teia de aranhas,tão fininho e fraquinho que pode se quebrar a qualquer momento.É a vida...
E eu que sempre pensei que deixasse o trabalho atrás de mim quando saia de lá ,acabei de descobrir o contrário.
Gostei demais do "Limites", já coloquei junto dos meus favoritos.
Beijos e se cuida.

marcos pardim disse...

ora e vez, é preciso mesmo que os fios estejam desencapados... questão se sobrevivência. 1 bj

Camille disse...

Oi Clarice,
Agora que eu sei que voce ´r voce quem faz as ilustrações das poesias vejo que voce é a autora de uma poesia de cada lado, por que fica tudo lindo. E quanto a ser irmã de alma da Clarinha,a cho que sim, vocês se parecem mesmo, até na altura. Beijos e bom final de semana,
Camille

Outras memórias disse...

Os que unem....os criam pontes....os que encurtam distâncias são muito sedutores...Adorei. Beijosssssssssss

Lela disse...

Catando um fio num mapa dentro de mim pra chegar aqui num vôo rapidin, rapidin, e lhe afagar. Pelas bandas de cá um setembro estranhamente nublado. Carinho n'ocê e nas flores Jasmimfrô e Marinafrô.

O Meu Jeito de Ser disse...

A vida, está sempre por um fio.
Então todo o resto poderá também estar, que será facilmente suportado por esse fio.
Um beijo minha linda, e beijos prás crianças.

Outras memórias disse...

Clarice estou com mais um blog. Creio que vc vai gostar!!!
Beijos
http://confiabca.blogspot.com/

Outras memórias disse...

Clarice, vc é de muita delicadeza!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Sensibilidade na alma...nas palavras e na maneira de olhar!!!Obrigada pelo carinho sempre desmonstrado toda vez que folheia minhas Memórias...ou agora...quando aprecia o Girassol. Beijosssssssssssssssssssssssssss

Além do tempo... disse...

Clarice é extremamente poético suas imagens e palavras!!!! São tecidas uma a uma com encanto de quem sorve a vida por inteiro! Confesso que me sinto muitas vezes marionete dos meus pensamentos e do mundo!! Às vezes dá vontade de se deslocar para fora da Terra e sentir a liberdade escorrer pela pele e alma ! Bjos com carinho Tânia