Adaptações

29 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Manamada que olha dentro de mim descobrindo meus [des]aconteceres, *tudo muda o tempo todo no mundo*
carinho cheio de amor procês
beijos

Outras memórias disse...

Maravilha tal compreensão...
Simples viver assim...melhor pra todo mundo.
Tenho buscado olhar assim...compreender assim....
Grande exercicio!!!
Belo exercício!!!!!!!!!
"Tudo depende da ótica do observador. " [Maturana]
Valeu pela terna lembrança!!!!!!!!!!!!!! Beijosssssssssssssss

Além do tempo... disse...

Verdade pura, Clarice! As coisas são e não são.... e são o que são! Um fato! Uma realidade, principalmente se tratando de vida!Uma vez, escutei : Ah, isso é da vida! Confesso, que de primeiro não compreendi.... Como era da vida?! De quem!? Ou de que!? Ainda continuo resistente, mas já entendi um pouco.... das coisas da vida.... Ps: Estou de formato novo no blog! Vê se gosta! Bjos Tânia

var disse...

o que somos...coisa-se... beijin

cilene disse...

Poema perfeito, as coisas sao mutaveis, e nØs temos apenas que acompanhar o barco

sayô disse...

E o melhor de tudo é que somos SERES READAPTAVEIS!
Deus é realmente PERFEITO!
Nada é por acaso!
Beijos

Crys disse...

Que maravilha que as coisas vivem mudando, quem dera que algumas pessoas tb seguissem o mesmo rumo, reciclassem de vez em qdo, mudar as vezes é preciso, algumas pararam no tempo e perderam o melhor que a vida tem pra dá... Vc me fez ficar horas pensando, numa coisa que é tão simples... se assim quisermos, não é???? Beijos minha linda!

robson disse...

se as mudanças param, finda a vida. perdoe minha longa ausência ando tendo pesadelos diurnos.")um beijo.

Outras memórias disse...

Fique absolutamente tranquilaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!! Sou light com essas questões. MAS bom saber pra gente orar...por essa Ternurinha que encantou sua familia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Ok? Beijossssssssssssssssssss

Luara disse...

Verdade, as coisas são e quando a gente acha que são, já não são mais.
A vida em constante mudança.
Adoro seu blog, me tras PAZ!
Bjos!

Lela disse...

Sabe que isso é uma das coisas que me encantam na vida? Isto da mutabilidade... Eu gosto disso.
Todos os dias, Cla, brinco de ser como o bambu. Já leu sobre ele? Ele é delgado e comprido. Poderia ser facilmente partido em um vendaval, mas não parte. Suas raízes grandes e profundas o mantêm firme enquanto dança ao sabor do vento. Gosto de dançar ao sabor do que vem e vai... minhas raízes? Planto-as na fé em que tudo é sagrado... tudo.
Beijo, Cla, de frôdebeijaflor voando aqui, ali e acolá... voando por onde o vento soprar... Carrego no bico, é claro, o tanto que vc me faz refletir. ;)

Bia disse...

É bom que seja assim, amiga, as coisas sempre em mutação. Permite-nos olhar todos os ângulos das situações, fazer readaptações, cortes e acréscimos. É justamente a mutabilidade das coisas que permite ao homem reciclar-se.

Ficam pétalas para enfeitar tua noite, um beijo no coração, e votos de alegria e paz, no meu carinho.

Bill disse...

Desfazer idéias, coisas criadas das sombras, que se desfazem com o olhar...

Um eterno construir...
Nha belas letras, belas letras.

Beijo dona moça e otimo fim de semana

:*

Leandro Jardim disse...

Como é bom passar por aqui!
:D

Belo poema!
beiJardins

Claudinha disse...

Oi querida!
Adaptações podem até desacontecer, ser e deixar de ser, só não muda minha opinião sobre o seu talento. Lindo! Beijos!

Crys disse...

Cla linda, to com saudades de fazer escolinha, vc deixa eu fazer bagunça aqui? diz que deixa vai...

Só que eu preciso de uma companhia, quem vc sugere, Dora, Shi, ou Lela???

beijosssssssssssss, eu volto...

Lela para Crys disse...

Amore, se toca que eu sou possessiva. Se tem bagunça na Cla tem que ser comigo. Afe!

Crys para Lela e Cla disse...

Obaaaaaaaa! Sabia que eu não tava só, mas deixa de ser egoísta...

Cla , vc não acha que depois que a Lela deu uma rapidinha comigo, ela ficou muito saidinha??? diz aí???

Beijossss

cla disse...

meninas, ordem no recinto. nem sabia q'ocês tavam recreando aqui pois tava com a net fora do ar.
que ibope blogal que deu aquela rapidinha, 'notatinhora'. deixou todo mundo com tesão (de bobageira).
ri de montão.
vou ali comer um sanduichinho básico e volto. a casa é d'ocês, só cuidem das plantas.

Crys disse...

Obaaaaaaaaaaaa, com permissão da dona da casa é bem melhor, Lele chama a dora, a shi, chama todo mundo... ops... chama a dona da casa tb!!!! beijão, vou ali tb lanchar....

cla disse...

demorei crysita. sorry.
beijo

Camille disse...

Oi Clarice, se aquela poesia do perfil ja estava ali faz tempo, so hoje eu notei a profundidade dela. Talvez Freud explique. Mas é linda mesmo. Beijos querida, estou melhorzinha, vim dar uma voltinha.
Camille

Elizabeth disse...

Oi Clarice,
Ouvi na televisão daqui sobre enchentes no Sul do Brasil e passei para saber de você que se não me engano mora em alguma parte ai embaixo, espero que tudo esteja bem.
Abracos e te cuida!

Lelafrôdebeijaflor disse...

Dia, lindafrôdodia! Luz, paz... Que a semana seja linda como o cheiro do sol que se espalha sobre o chão onde deitam os sonhos que movem nossos pés.
Tô lhe abraçando, Cla! :)

Daniel Winter disse...

É Clarice. A vida é feita de adaptações. Mas vamos nos acostumando a esperar o que está escrito na próxima página e também o que vai trazer o novo dia. Nada é sempre tão certo. E o que incerto as vezes passa a ser a única coisa depois de virar uma esquina.
Segue a vida...
Adaptações. Imagens. Cheiros. Gostos. Desgostos. Agostos e outubros. Criatividade e passividade. Ou ações e reações!!!
EU JÁ TE DISSE QUE A TUA POESIA É ALTAMENTE CRIATIVA E INSPIRADORA?
beijos
Daniel Winter
http://winterdaniel.blogspot.com/

diovvani mendonça disse...

Oi Cla. E a netinha? Vai bem?
Imagino que você deve estar curtinho tantão, né? Afinal, ela é um poema-VIVO.

Grato, por seu apoio na divulgação do projeto.

~^^ ~~ Abraço~^^ ~^^

Crys disse...

Eii psiuuuú, Cla, minha linda, vc quer saber do 'conversê' dos meus dotes artesanais, né???? Então tá, acessa aí ô:

http://sangelaabc.blogspot.com

Beijão querida!

Ceci disse...

Clarice, bom dia! Retorno com alegria para as visitas nos blogs, para a festa das letras em mutações e combinações. Feliz dezembro com tanta poesia, com a alegria de Ser e Viver.Forte abraço.

claudia disse...

Nossa
que lindo